+55 11 2548-0463 / + 55 11 2548-0414  |   cbdv@cbdv.org.br                                                       Acessibilidade:   Alto Contraste    Aumentar Fonte   Diminuir Fonte  

Final do Brasileiro de goalball será transmitida ao vivo pelo SporTV

É a primeira vez na história que uma partida entre clubes terá cobertura televisiva; jogo será dia 13, às 11h
#Acessibilidade: foto mostra o time do Santos abraçado na comemoração do título de 2018. O jogador Leomon Moreno segura o troféu. Todos estão com medalhas de ouro no peito e dois membros da comissão técnica exibem as suas para a câmera.
01/10/2019

Por Comunicação CBDV

São Paulo/SP

Pela primeira vez na história do goalball brasileiro, uma partida entre clubes será mostrada ao vivo na televisão. A decisão da chave masculina da Copa Loterias Caixa – Série A, no próximo dia 13 de outubro, às 11 horas, terá cobertura do SporTV, importante parceiro do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) e de suas afiliadas, como a Confederação Brasileira de Desportos de Deficientes Visuais (CBDV), na divulgação do paradesporto.

"Essa transmissão do goalball é inédita para o Brasil e a América do Sul. É extremamente importante para o desenvolvimento da modalidade, para a divulgação na mídia. Isso só é possível por conta dessa excelente parceria entre CPB e CBDV, que conta ainda com o apoio dos canais SporTV. A CBDV fica muito feliz em colocar mais uma de suas modalidades na programação do canal", afirma o presidente da CBDV, José Antônio Freire.

A principal competição interclubes do Brasil terá início no dia 9, com a participação de 12 clubes na chave masculina e oito na feminina. Serão 42 partidas disputadas ao todo. Mais de 180 pessoas estão envolvidas na competição, entre atletas, treinadores, estafe técnico e arbitragem.

"Quando ouvi a notícia, os olhos até encheram de lágrimas por imaginar o goalball, um esporte paralímpico, sendo transmitido ao vivo. Recebi com muita alegria e muita emoção. Muito legal a gente ver a batalha do Mizael (Conrado), presidente do Comitê Paralímpico, do José Antônio (Freire, presidente da CBDV), do Helder (Maciel, secretário-geral da CBDV), que sempre estão brigando para fazer o goalball brasileiro estar em constante evolução", diz o técnico Alessandro Tosim, da seleção masculina, atual bicampeão mundial e líder do ranking.

"Foi uma notícia muito importante para o goalball brasileiro e acho que é o que faltava para alavancar de vez a modalidade e demonstrar à sociedade as potencialidades das pessoas com deficiência. O esporte tem esse poder, e fico feliz por ver o goalball sendo utilizado como esse caminho", afirma Dailton Nascimento, treinador da seleção feminina, que mês passado conquistou a medalha de ouro no Parapan de Lima, no Peru.

Leomon Moreno, melhor jogador do mundo na atualidade e atleta do Santos, um dos favoritos a ir à final da Série A, também comemorou a notícia: "Falando em relação a todos os atletas do goalball, essa transmissão é uma evolução e tanto. A gente vê o esporte evoluindo em relação à modalidade, agora consegue evoluir em relação à divulgação, à mídia. Isso tudo só fortalece o movimento. A gente tendo uma boa audiência na final do Brasileiro, a grande mídia verá que o goalball brasileiro é bem difundido. Domingo de manhã, todo mundo está procurando esporte para assistir, passando pelos canais SporTV. Então, a gente fica bastante realizado".

Comunicação CBDV

Renan Cacioli

renancacioli@cbdv.org.br
+ 55 11 98769 1371