+55 11 2548-0463 / + 55 11 2548-0414  |   cbdv@cbdv.org.br                                                       Acessibilidade:   Alto Contraste    Aumentar Fonte   Diminuir Fonte  

Maestro derrota a Escema nos pênaltis e conquista a Série B de futebol de 5

Recém-formado, time paranaense ergue seu primeiro troféu na modalidade; Apace, da Paraíba, fatura o bronze
#Acessibilidade: time do Maestro comemora na quadra. O jogador Edivan é erguido por Dudu e está com o braço esquerdo esticado para o alto.
20/10/2019

Por Comunicação CBDV
20/10/2019
São Paulo/SP

O Maestro, do Paraná, conquistou neste domingo (20) o título brasileiro da Série B de futebol de 5. Na final da Copa Loterias Caixa, disputada no Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, venceu a Escema, do Maranhão, nas penalidades: 1 a 0, após o empate sem gols no tempo normal.

Foi a primeira conquista do clube, administrado pelo ex-jogador Ricardinho, campeão mundial com a seleção em 2002. Como primeiro e segundo lugares garantiam vaga na elite da modalidade em 2020, os dois times acabaram celebrando na arena multiuso.

"Alguns critérios foram utilizados para que chegássemos a esse ponto. Trabalhamos de quatro a cinco vezes por semana esse semestre todo, objetivando a conquista da vaga. Sabíamos das dificuldades pelos investimentos de outras equipes, principalmente em atletas de fora do país. Mas uma das coisas que mais energizou o nosso quadro foi o fato de termos um investimento baixíssimo, com atletas praticamente todos de dentro do país, exceção ao Heredia. Conquistar uma vaga na Série A, onde temos os melhores do mundo jogando, tem uma importância imensa", celebrou o técnico Fábio Costa.

Nas penalidades, coube a Edivan acertar a cobrança que rendeu a taça aos paranaenses. O jogador bateu no ângulo direito do goleiro Thiago, conforme a foto abaixo.


Capitão da equipe, o pivô Emerson teve a honra de erguer o troféu: "Estou muito feliz por esse momento. Eu já vinha há muito tempo jogando fora do Estado, quando acabou lá em 2011 o futebol na Adevipar, do Paraná. Agora é manter os pés no chão, seguir trabalhando porque ano que vem tem Série A, que será muito difícil".

O Maestro foi o nono campeão diferente do torneio desde que a Confederação Brasileira de Desportos de Deficientes Visuais (CBDV) passou a organizar o Brasileiro da modalidade, em 2011.

Confira, ano a ano, quem faturou o título:

2019 – Maestro-PR
2018 – Ismac-MA
2017 – UBC-BA
2016 – Cedemac-MA
2015 – ADVC-RJ
2014 – Asdefipel-RS
2013 – Superar-RJ
2012 – AMC-MT
2011 – Agafuc-RS

Apace fica com o bronze

Na disputa pelo terceiro lugar, a equipe da Paraíba, que já conquistou quatro títulos de Série A e foi rebaixada na temporada passada, venceu a Uniace, do Distrito Federal, por 1 a 0, gol de Juan Ignacio Oviedo. Além do bronze, a Apace ainda viu o goleiro Jordan Soares, com passagens pela seleção de base do Brasil, ser eleito o melhor do campeonato.

Na partida pelo bronze, Jordan defendeu cobrança de pênalti do ala Leandro, da Uniace


Galeria de fotos do torneio NESTE LINK.

Comunicação CBDV

Renan Cacioli

renancacioli@cbdv.org.br

+ 55 11 98769 1371
+ 55 11 99519 5686 (WhatsApp)