+55 11 2548-0463 / + 55 11 2548-0414  |   cbdv@cbdv.org.br                                                       Acessibilidade:   Alto Contraste    Aumentar Fonte   Diminuir Fonte  

Atletas do futebol de 5 participam de intercâmbio com escola japonesa

Brasileiros que deverão estar em Tóquio em 2021 farão encontros virtuais com alunos de Hamamatsu
#Acessibilidade: Nonato e Luan estão lado a lado, sorrindo, e segurando troféus dos prêmios individuais conquistados na Copa América de 2019.
18/11/2020

Por Comunicação CBDV
18/11/2020
São Paulo/SP

Atletas brasileiros que devem disputar os Jogos Paralímpicos de Tóquio em 2021, dentre eles o goleiro Luan Lacerda e o pivô Nonato, da Seleção Brasileira de futebol de 5, participarão de um intercâmbio digital com alunos japoneses do ensino fundamental da cidade de Hamamatsu, a partir desta quarta-feira (18).

O Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) e a prefeitura de Hamamatsu celebraram virtualmente, no último mês de agosto, a manutenção do contrato da sede da aclimatação brasileira para o megaevento. A 16ª edição das Paralimpíadas, que será sediada na capital japonesa em agosto do ano que vem, foi adiada em um ano devido à pandemia de Covid-19.

Ao todo, serão quatro encontros virtuais. A estimativa é que mais de 600 crianças japonesas participem da ação. Cada bate-papo contará com a presença de dois atletas da mesma modalidade. Eles conversarão sobre as expectativas para os Jogos e responderão a perguntas dos alunos.

Dois dos maiores vencedores da história do fut5 mundial, Luan e Nonato farão um bate-papo com estudantes da Escola Miyakoda Minami no dia 8 de dezembro. O goleiro começou a jogar futsal aos 8 anos de idade. Em 2013, conheceu a modalidade paralímpica e não parou mais de ser convocado para defender a meta brasileira. Já Nonato, que nasceu praticamente sem enxergar devido a uma retinose, pratica o futebol de 5 há dez anos. Juntos na Seleção, ganharam o ouro na Rio 2016 (Nonato também esteve na campanha dourada em Londres 2012) e dois títulos mundiais (Madri 2018 e Tóquio 2014), dentre outras conquistas.

O primeiro encontro virtual entre atletas do Brasil e os alunos japoneses acontecerá nesta quarta-feira (18): os nadadores Daniel Dias e Carol Santiago falarão com crianças da Escola Nishi. Ainda participarão do intercâmbio a lançadora de dardo Raissa Rocha, o velocista Petrúcio Ferreira e os mesa-tenistas Danielle Rauen e Israel Stoh.

Com cerca de 790 mil habitantes, Hamamatsu fica localizada na província de Shizuoka, 260km ao sul de Tóquio. A cidade abriga a maior colônia brasileira no Japão, o que motivou o município a se interessar em receber a delegação nacional.

(Informações da Assessoria de Comunicação do Comitê Paralímpico Brasileiro)


Comunicação CBDV

Renan Cacioli

renancacioli@cbdv.org.br

+ 55 11 98769 1371
+ 55 11 99519 5686 (WhatsApp)