+55 11 2548-0463 / + 55 11 2548-0414  |   cbdv@cbdv.org.br                                                       Acessibilidade:   Alto Contraste    Aumentar Fonte   Diminuir Fonte  

Site da CBDV é nova fonte de pesquisa acadêmica sobre o paradesporto

Artigos científicos e estudos de futebol de 5, goalball e judô paralímpico estão disponíveis para consulta
#Acessibilidade: fisiologista da seleção, Alexandre Silva está ajustando aparelhos que medem a frequência cardíaca dos atletas. Ao seu lado, o ala Lucas Caetano aguarda apoiado na banda.
29/06/2020

Por Comunicação CBDV
29/06/2020
São Paulo/SP

Uma das grandes dificuldades de quem procura por informações científicas confiáveis a respeito do esporte paralímpico de alto rendimento é ter de caçar em meio a milhares de buscas na internet os artigos e estudos já produzidos, que, além de tudo, não são tão abundantes quanto os do esporte convencional.

Pensando nisso, a CBDV (Confederação Brasileira de Desportos de Deficientes Visuais) resolveu reunir em seu site oficial parte do material já publicado sobre as três modalidades paralímpicas que gerencia: futebol de 5, goalball e judô.

Logo na homepage, você encontrará a aba "Área Acadêmica". Lá dentro, o conteúdo está dividido em outras três abas, uma para cada modalidade. Além do nome do artigo e dos autores, já há uma descrição sobre o estudo em questão e o botão para fazer o download dele na íntegra.

Reprodução da tela do computador com a homepage do site da CBDV e a aba "Área Acadêmica" circulada em vermelho


"A CBDV é uma Confederação que está preocupada com a associação da pesquisa científica realizada no ambiente acadêmico junto à evolução da performance esportiva dos atletas e das equipes. O grande lance de tudo isso é entender que o esporte de alta performance, para evoluir, precisa de dados fidedignos. A ciência vem para contribuir", destaca Alessandro Tosim, técnico da Seleção Brasileira masculina de goalball e um dos maiores estudiosos da modalidade no país – nesta semana, por exemplo, ele passará pela qualificação de sua tese de doutorado "Análise do Contexto Formativo de Treinadores do Esporte Paralímpico: Um Estudo Com o Goalball".

Na opinião de Jaime Bragança, técnico da Seleção de judô paralímpico, "é muito importante a aproximação da CBDV com os centros de pesquisa". "Isto auxilia o desenvolvimento dos esportes, ajuda a nortear nossas ações, auxilia todo o trabalho da comissão técnica e ainda desenvolve a área científica do Brasil", afirma o treinador, formado em Educação Física pela Universidade São Judas Tadeu e com especialização em Fisiologia do Treinamento Desportivo pela UNIFESP – Escola Paulista de Medicina.

Além de unir acadêmicos e praticantes, há também um caráter social envolvido na iniciativa da Confederação, avalia Alexandre Silva, fisiologista da Seleção de futebol de 5: "Somos referência no alto nível de desporto competitivo paralímpico no Brasil. O que fazemos aqui em algumas modalidades é o que há de melhor no mundo. Cumpre a nós, dentro dos papéis sociais do nosso trabalho, também colaborar com o desenvolvimento do paradesporto mundial. E a informação científica é a mais importante chave para garantir isso", ressalta o também professor da Universidade Federal da Paraíba. Alexandre é formado em Educação Física, fez especialização em Fisiologia do Exercício, mestrado em Saúde Coletiva e doutorado em Ciências da Motricidade Humana.

Diretora administrativa e financeira da CBDV, Rosane Barros faz questão de frisar a importância de a Confederação ter sob seu guarda-chuva farto material teórico que ajude a explicar o sucesso na prática das modalidades em competições de alto rendimento.

"Quando temos a parte acadêmica fazendo a junção da teoria com a prática, conseguimos basear as ações de uma maneira muito mais simples. Na gestão, isso é fato. Se você tem bases teóricas que auxiliam na sua prática, consegue ir por caminhos menos tenebrosos e ter a visão do todo. Queremos mostrar que estamos pensando também nessa possibilidade de engrandecer ainda mais as modalidades", diz a diretora, formada em Educação Física e mestranda com estudo em Gestão do Esporte Paralímpico.


Comunicação CBDV

Renan Cacioli

renancacioli@cbdv.org.br

+ 55 11 98769 1371
+ 55 11 99519 5686 (WhatsApp)