+55 11 2548-0463 / + 55 11 2548-0414  |   cbdv@cbdv.org.br                                                       Acessibilidade:   Alto Contraste    Aumentar Fonte   Diminuir Fonte  

Seleção Brasileira de Judô

Luan Lacerda

Alana Martins Maldonado

Categoria: -70 kg
Nascimento: 27/07/1995, Tupã (SP)
Equipe: AMEI-SP
Principais conquistas
2021: prata no Grand Prix de Warwick; ouro no Grand Prix de Baku.
2020: ouro no Aberto da Alemanha.  
2019: prata no Parapan de Lima; ouro no Grand Prix de Tashkent; prata nos Jogos Mundiais de Fort Wayne; prata no Grand Prix de Baku; ouro no Aberto da Alemanha.
2018: ouro no Mundial de Lisboa; prata na Copa do Mundo de Antalya.
2017: ouro na Copa do Mundo de Tashkent.
2016: prata na Paralimpíada do Rio; ouro no Grand Prix de Birmingham; ouro no Aberto da Alemanha.
2015: prata no Parapan de Toronto; bronze nos Jogos Mundias de Seul.
História: Descobriu a doença de Stargardt aos 14 anos. Já praticava judô desde os quatro, mas, somente em 2014, quando entrou para a faculdade, começou no judô paralímpico.

Damião Robson

Giulia dos Santos Pereira

Categoria: -48 kg
Nascimento: 20/10/1999, Guarujá (SP)
Equipe: CESEC-SP
Principais conquistas
2019: ouro no Parapan de Lima.
2017: prata no Campeonato das Américas de São Paulo.
História: Nasceu prematura extrema, com 5 meses de gestação e foi perdendo a visão gradativamente. Começou no judô paralímpico em 2012.

Luan Lacerda

Karla Ferreira Cardoso

Categoria: -52 kg
Nascimento: 18/11/1981, Rio de Janeiro (RJ)
Equipe: CEIBC-RJ
Principais conquistas
2020: prata no Campeonato das Américas de Montreal.
2019: bronze no Parapan de Lima.
2018: prata no Campeonato das Américas de Calgary.
2017: prata no Campeonato das Américas de São Paulo.
2016: prata no Grand Prix de Birmingham; prata no Aberto da Alemanha.
2015: ouro no Parapan de Toronto.
2014: bronze no Mundial de Colorado Springs.
2013: ouro no Campeonato das Américas de Colorado Springs.
2011: ouro no Parapan de Guadalajara.
2008: prata na Paralimpíada de Pequim.
2007: ouro no Parapan do Rio.
2006: bronze no Mundial de Brommat.
2005: ouro na Copa do Mundo de São Paulo.
2004: prata na Paralimpíada de Atenas.
História: Karla nasceu com baixa visão, mas só descobriu aos 3 anos de idade, quando começou a frequentar a escola. Aos 12 anos, por influência do irmão mais velho, começou a praticar judô.

Damião Robson

Lúcia da Silva Teixeira Araújo

Categoria: -57 kg
Nascimento: 17/06/1981, São Paulo (SP)
Equipe: CESEC-SP
Principais conquistas
2021: ouro no Grand Prix de Warwick; bronze no Grand Prix de Baku.
2020: ouro no Campeonato das Américas de Montreal; prata no Aberto da Alemanha.
2019: ouro no Parapan de Lima; bronze nos Jogos Mundiais de Fort Wayne; ouro no Aberto da Alemanha.
2018: prata na Copa do Mundo de Atyrau; prata no Campeonato das Américas de Calgary; bronze na Copa do Mundo de Antalya.
2017: prata na Copa do Mundo de Tashkent; ouro no Campeonato das Américas de São Paulo.
2016: prata na Paralimpíada do Rio; ouro no  Grand Prix de Birmingham; prata no Aberto da Alemanha.
2015: ouro no Parapan de Toronto; bronze nos Jogos Mundiais de Seul.
2014: bronze no Mundial de Colorado Springs.
2013: ouro no Campeonato das Américas de Colorado Springs.
2012: prata na Paralimpíada de Londres.
2011: prata nos Jogos Mundiais de Antalya.
2010: prata no Mundial de Antalya.
História: nasceu com baixa visão devido a uma toxoplasmose congênita. Começou a praticar judô aos 15 anos por intermédio dos irmãos. Só em 2006, após sete anos ausente, voltou a praticar.

Luan Lacerda

Maria Núbea dos Santos Lins

Categoria: -57 kg
Nascimento: 09/09/1989, Italva (RJ)
Equipe: INSTITUTO REAÇÃO-RJ
Principais conquistas
2019: bronze nos Jogos Mundiais de Fort Wayne; prata no Aberto da Alemanha.
2018: ouro no Campeonato das Américas de Calgary; ouro no Aberto da Alemanha.
2017: bronze no Campeonato das Américas de São Paulo.
História: Baixa visão devido acometimento de toxoplasmose congênita. Foi atleta da natação e no final de 2015 iniciou sua trajetória no judô procurando novos desafios.

Luan Lacerda

Meg Rodrigues Vitorino Emmerich

Categoria: +70 kg
Nascimento: 23/10/1986, São Paulo (SP)
Equipe: UMPM-PR
Principais conquistas
2021: prata no Grand Prix de Warwick; ouro no Grand Prix de Baku.
2020: ouro no Campeonato das Américas de Montreal; ouro no Aberto da Alemanha.
2019: ouro no Parapan de Lima; bronze no Grand Prix de Tashkent; bronze nos Jogos Mundiais de Fort Wayne; bronze no Grand Prix de Baku; ouro no Aberto da Alemanha.
2018: bronze no Mundial de Lisboa; prata no Campeonato das Américas de Calgary.
História: Nasceu com atrofia no nervo óptico. Iniciou no judô em 2002 aos 15 anos de idade.

Damião Robson

Rebeca de Souza Silva

Categoria: +70 kg
Nascimento: 11/03/2001, São Bernardo do Campo (SP)
Equipe: AMEI-SP
Principais conquistas
2021: bronze no Grand Prix de Warwick; bronze no Grand Prix de Baku.
2020: prata no Campeonato das Américas de Montreal; prata no Aberto da Alemanha.
2019: prata no Parapan de Lima; prata nos Jogos Mundiais de Fort Wayne; bronze no Grand Prix de Baku; bronze no Aberto da Alemanha.
2018: ouro na Copa do Mundo de Atyrau; ouro no Campeonato das Américas de Calgary; bronze na Copa do Mundo de Antalya.
2017: ouro no Campeonato das Américas de São Paulo.
História: Nasceu com Amaurose Congênita de Leber (ACL), uma doença degenerativa hereditária rara que afeta a retina. Praticou atletismo, natação e goalball antes de ir para o judô, em 2013.

Damião Robson

Antônio Tenório da Silva

Categoria: -100 kg
Nascimento: 24/10/1970, São José do Rio Preto (SP)
Equipe: CESEC-SP
Principais conquistas
2020: ouro no Campeonato das Américas de Montreal; bronze no Aberto da Alemanha.
2019: bronze no Parapan de Lima; bronze nos Jogos Mundiais de Fort Wayne; prata no Aberto da Alemanha.
2018: bronze na Copa do Mundo de Atyrau; ouro no Campeonato das Américas de Calgary.
2017: ouro no Campeonato das Américas de São Paulo.
2016: prata na Paralimpíada do Rio.
2015: bronze no Parapan de Toronto.
2013: bronze no Campeonato das Américas de Colorado Springs.
2012: bronze na Paralimpíada de Londres.
2011: prata no Parapan de Guadalajara; bronze nos Jogos Mundiais de Antalya.
2008: ouro na Paralimpíada de Pequim.
2007: ouro no Parapan do Rio.
2005: ouro na Copa do Mundo de São Paulo.
2004: ouro na Paralimpíada de Atenas.
2000: ouro na Paralimpíada de Sydney.
1996: ouro na Paralimpíada de Atlanta; ouro no Mundial da França.
História: Aos 13 anos, Tenório brincava com amigos quando seu olho esquerdo foi atingido por uma semente de mamona, o que causou um descolamento de retina e o deixou cego deste olho. Seis anos mais tarde, uma infecção no olho direito o deixou totalmente sem visão. Tenório já praticava judô desde os 8 anos de idade, então precisou fazer a adaptação para o judô paralímpico.

Luan Lacerda

Arthur Cavalcante da Silva

Categoria: -90 kg
Nascimento: 11/03/1992, Natal (RN)
Equipe: ADEVIRN-RN
Principais conquistas
2020: prata no Campeonato das Américas de Montreal; bronze no Aberto da Alemanha.
2019: prata no Parapan de Lima; bronze nos Jogos Mundiais de Fort Wayne.
2018: ouro no Campeonato das Américas de Calgary.
2017: ouro no Campeonato das Américas de São Paulo.
2015: bronze no Parapan de Toronto.
História: Arthur teve retinose pigmentar e começou a perder a visão aos 2 anos. Aos 18, ficou cego total. Antes disso, na adolescência, quando não conseguia mais jogar futebol ou andar de bicicleta por causa da cegueira, começou a treinar judô. Gostou da modalidade e passou a se dedicar somente a ela.

Damião Robson

Harlley Damião Pereira de Arruda

Categoria: -81 kg
Nascimento: 05/07/1979, Belo Horizonte (MG)
Equipe: CESEC-SP
Principais conquistas
2020: bronze no Aberto da Alemanha.
2019: bronze no Parapan de Lima.
2018: bronze no Campeonato das Américas de Calgary.
2017: ouro no Campeonato das Américas de São Paulo.
2015: bronze no Parapan de Toronto.
2013: bronze no Campeonato das Américas de Colorado Springs.
2012: bronze no Aberto da Alemanha.
2011: bronze no Parapan de Guadalajara.
História: Harlley perdeu a visão dos dois olhos em 1999, em um acidente com arma de fogo. Três anos após o ocorrido, foi convidado por Antônio Tenório para praticar judô.

Luan Lacerda

Luan Simões Pimentel

Categoria: -73 kg
Nascimento: 29/09/1997, Camapuã (MS)
Equipe: ISMAC-MS
Principais conquistas
2020: ouro no Campeonato das Américas de Montreal.
2019: ouro no Parapan de Lima.
2018: ouro no Campeonato das Américas de Calgary.
2017: prata no Campeonato das Américas de São Paulo.
História: Tem baixa visão por conta do albinismo. Iniciou na modalidade em 2013, no Projeto Judô no 10, em Camapuã.

Luan Lacerda

Thiego Marques da Silva

Categoria: -60 kg
Nascimento: 02/01/1999, Parauapébas (PA)
Equipe: AEPA-SP
Principais conquistas
2020: bronze no Campeonato das Américas de Montreal; bronze no Aberto da Alemanha.

2019: bronze no Parapan de Lima.
2018: bronze no Campeonato das Américas de Calgary.
2017: bronze no Campeonato das Américas de São Paulo.
História: Tem baixa visão por conta do albinismo. Thiego começou a praticar judô em 2011, aos 12 anos de idade.

Luan Lacerda

Wilians Silva de Araújo

Categoria: +100 kg
Nascimento: 18/10/1991, Riachão do Poço (PB)
Equipe: CEIBC-RJ
Principais conquistas
2021: bronze no Grand Prix de Warwick.
2020: ouro no Campeonato das Américas de Montreal; ouro no Aberto da Alemanha.
2018: prata na Copa do Mundo de Atyrau.
2018: ouro no Campeonato das Américas de Calgary.
2017: ouro no Campeonato das Américas de São Paulo; bronze na Copa do Mundo de Tashkent.
2016: prata na Paralimpíada do Rio; ouro no Grand Prix de Birmingham; ouro no Aberto da Alemanha.
2015: prata no Parapan de Toronto; bronze nos Jogos Mundiais de Seul.
2014: bronze no Mundial de Colorado Springs.
2013: prata no Campeonato das Américas de Colorado Springs.
2012: bronze no Aberto da Alemanha.
2011: prata no Parapan de Guadalajara.
História: O peso-pesado perdeu a visão aos 10 anos de idade em um acidente com tiro de espingarda e começou a praticar judô em 2009.

Fábio Luiz

Alexandre de Almeida Garcia

Função: Técnico

Nascimento:16/02/1972, Porto Alegre (RS)

História: técnico da Seleção Brasileira desde 2009

Josinaldo Costa Sousa

Jaime Roberto Bragança

Função: Técnico

Nascimento: 22/01/1978, São Paulo (SP)

História: está na seleção desde 2007

Halekson Barbosa

Adriano Gomes Serrão de Freitas

Função: Técnico de ne waza (luta de solo)

Nascimento: 26/06/1978, São Paulo (SP)

História: está na seleção desde 2018

Eduardo Nart

Roger Alves da Fonseca

Função: Preparador físico

Nascimento: 11/03/1983, Bragança Paulista (SP)

História: está na seleção desde 2013

Alexandre Sérgio

Alan Douglas Pereira Leite

Função: Fisioterapeuta

Nascimento: 07/02/1981, Piquete (SP)

História: está na seleção desde 2019

Thais Néri

Cícero Alves Pereira

Função:Auxiliar técnico

Nascimento:

História: 

Thais Néri

João Paulo Almeida

Função: Nutricionista

Nascimento:

História: 

Thais Néri

Fernanda Carneiro

Função: Psicóloga

Nascimento:

História: 

Thais Néri

Carolina Campos

Função: Psicóloga

Nascimento:

História: 

Thais Néri

Marcelo Machado Arantes

Função:Médico

Nascimento:

História: